Formatar um Pen Drive – Como fazer


Como Formatar um Pen Drive

Pode-se dizer que o pen drive foi uma das maiores invenções do século, por conta da praticidade e da funcionalidade que um objeto tão pequeno oferece, mas às vezes é necessario formatar um pen drive, visto que ele possibilita a troca de dados, e armazena arquivos que podem ser cruciais para a pessoa que o carrega. O pen drive funciona igual a um drive do computador, mas com a diferença de que pode ser carregado no bolso e levado para todos os lugares. Mas, graças à imensa quantidade de informações guardadas nesse objeto, é importante, de tempos em tempos, formatá-lo para liberar mais espaço no dispositivo a fim de gerar maior armazenamento de arquivos. Ademais, isso acarreta uma limpeza no dispositivo, que, muitas vezes, faz com que ele se livre até mesmo de vírus.

Formatar um pen drive quando você tem Windows, seja ele XP, Vista ou Windows 7 é simples, rápido e fácil, e é igual em todos os casos. Quando o dispositivo for inserido na porta USB, o sistema operacional irá reconhecê-lo e mostrá-lo em “Meu computador”. Em seguida, é preciso clicar com o botão direito no drive e escolher a alternativa “Formatar” para dar início ao processo de formatação do mesmo, e abrir as informações contidas naquele item. Ao clicar na opção citada, aparecerá a capacidade total do pen drive, bem como a unidade de alocação, o sistema de arquivo, entre outras coisas. Selecione, logo após, “Iniciar”. O sistema irá pedir que você confirme a operação, uma vez que serão apagados todos os arquivos armazenados no drive. Em “ok” você concorda com o início do processo, e ao mesmo tempo, permite que comece.

No sistema Linux, o processo se dá da mesma forma que no Windows. Já no Mac, é mais longo. Primeiro, abra o HD e clique na opção “aplicativos”. Em seguida, escolha “utilidades”. Para encontrar o drive, dê um clique duplo em “Utilidade de disco” e escolha qual o pen drive que irá ser formatado. Feito isso, escolha a opção “apagar”.

É importante escolher uma das opções de sistemas de arquivos, de acordo com o uso que será feito do pen drive. O sistema FAT32 é o padrão, e compatível com todos os sistemas operacionais. Ele é o mais simples, pede menos operações para guardar os arquivos, e, assim, é mais leve que as alternativas. Enquanto isso, o NFTS possibilita a edição de arquivos maiores do que 4 GB, bem como a leitura dos mesmos. Além de comprimir arquivos e possuir maior espaço para gerenciamento das informações. Já o exFAT é adequado para dispositivos flash.

Outra maneira rápida de formatar o seu pen drive, caso use Windows ou  Linux é inserir o dispositivo na entrada USB, abrir o “painel de configuração”, optar por “ferramentas de administração”, e,  em seguida, ir a “Gestão do Computador”. Lá, escolha “gestão de discos”, e, com o botão direito, clique no leitor que corresponda ao seu pen drive e escolha “formatar em FAT”, isso, é claro, se você quiser este sistema de arquivos. Caso não queira, selecione uma das outras opções.

Viu? É mais simples do que parece, e mais necessário do que se imagina. Por isso, formate o seu pen drive com freqüência, principalmente se você tem o hábito de sobrecarregá-lo e usá-lo no trabalho, ou no dia-a-dia repetidamente.

 

Gostou do post? Então cadastre-se e receba novidades!

Digite seu email:

Tem algo a dizer sobre isto? Então comenta!


WP Like Button Plugin by Free WordPress Templates